EPEC – Escritório Piloto de Eng. Civil

BLOG

Como economizar 5% do IPTU com um Projeto de Acessibilidade

Por Fabiana Weimann Araujo em 3 de abril de 2018.

Estabelecimentos que se encaixarem na definição de uso urbano sustentável podem conseguir desconto de até 5% no valor do seu IPTU.

SUSTENTABILIDADE URBANA

Você já deve ter notado que o consumo de água da maioria dos estabelecimentos é bastante elevada. Ou que o acesso de pessoas cegas em uma loja é dificultado por escadas, obstáculos e afins. O termo que busca resolver todos esses problemas nas cidades é denominado sustentabilidade urbana, e hoje falaremos como isso pode reduzir seus gastos com o IPTU do imóvel.

“O grande objetivo da sustentabilidade urbana é construir cidades ambientalmente e socialmente justas para as nossas próximas gerações”. (Ministério do Meio Ambiente)

Sendo assim, tanto a economia de água, quanto a acessibilidade da edificação são temas pertinentes para esse objetivo e podem ainda, reduzir custos do seu estabelecimento!

 

REDUZINDO SEU IPTU

Foi a busca pela sustentabilidade urbana no país que levou o governo a criar um incentivo que reduz em até 5% o valor do IPTU de estabelecimentos regulamentados. Entretanto, para que você tenha acesso a esse tipo de desconto, é necessário que seu imóvel tenha algumas competências.

Esse benefício será concedido a imóveis cujas áreas estão de acordo com no mínimo três dos conceitos que definem uso urbano sustentável. Estes são:

 

ACESSIBILIDADE

Um desses critérios utilizados é a acessibilidade do imóvel. Seguem as competências:

Estabelecimentos comerciais que atendam a acessibilidade do passeio público, ou seja,  resultam em 1% de desconto.

Estabelecimentos comerciais que atendam a acessibilidade da edificação resultam 1,5%. Além de adquirir redução do IPTU, o seu estabelecimento poderá receber todos os públicos e, ainda, evitará multas e advertências.

Para tornar seu ambiente acessível é necessário um Projeto de Acessibilidade realizado por um profissional indicando as adequações a serem feitas e posteriormente a execução das mudanças.

 

REAPROVEITAMENTO E CONTROLE DE ÁGUA

É possível conseguir até 2% de desconto no IPTU com algumas pequenas mudanças. Essas mudanças favorecem a economia de água, reduzindo assim, as contas no final do mês. As adaptações são:

– A adoção de sistema de aproveitamento de água de chuva garante descontos de 0,5%;

– Sistema de reuso de água corresponde ao desconto de 0,5 %;

– Medidores individuais de consumo fornece o desconto de 1%;

 

Para implementar todas essas modificações no seu estabelecimento, a reformulação de um projeto de reaproveitamento de água voltado para essas necessidades pode lhe atender perfeitamente. Isso tudo garante não só economia na conta de água e do IPTU como também acessibilidade para clientes ou visitantes com mobilidade reduzida. 

Reutilização da água da chuva

Processo de reutilização de água da chuva tem se tornado muito comum nos últimos tempos, principalmente com o alto índice de pluviosidade em Santa Catarina

OUTROS REQUISITOS

Alguns outros requisitos para obter este benefício são:

– Existência de sistema de insonorização, para estabelecimentos que produzam ruídos;

– Uso adequado do zoneamento;

– Estar de acordo com o plano diretor da cidade;

– Existência de bicicletário em caso de imóveis comerciais;

– Não possuir vagas para estacionamento de automóveis na área de afastamento frontal obrigatória.

 

ONDE PEDIR MINHA REDUÇÃO DE IPTU?

O requerimento para usufruir do IPTU sustentável deverá ser feito em uma unidade do pró-cidadão, e, posteriormente, o Sistema de Desenvolvimento Urbano (SMDU) realizará uma avaliação do estabelecimento.

 

UMA CIDADE MAIS COERENTE

De fato, somente as alterações feitas já valem para o bolso no final do mês. Economias de água, um ambiente atrativo e acessível e ainda por cima, uma redução do IPTU.

Vale ressaltar que o objetivo desses projetos é garantir uma melhor organização e uma maior unificação dos sistemas de uma cidade. Trazer uma relação mais social e ambiental pros centros urbanos.

Sendo assim, O SMDU vai avaliar se as alterações no estabelecimento realmente acrescentam valor para a sustentabilidade urbana. Então, faça o projeto com empresas responsáveis e de confiança!

Qualquer dúvida sobre os projetos citados nesse post, neste link você pode se informar sobre cada um deles!

Gerente administrativa do EPEC e graduanda de engenharia civil na Universidade Federal de Santa Catarina.

Nossa missão:


Transformar universitarios em empreendedores capazes de mudar o meio em que estao inseridos.

Somos uma empresa de engenharia civil da UFSC composta por graduandos e com apoio de professores e engenheiros civis. Já solucionamos problemas em mais de 300 condomínios e estabelecimentos da grande Florianópolis.